"Nem Sempre o que Pensamos é o que Vivemos... E na Maioria das Vezes o que Vivemos é o que Jamais Pensamos..."
Fulvio Ribeiro

Além do óbvio

Author: Fulvio Ribeiro /



A duvida me tirou a ilusão
Porém me deu esperança
Na insônia do que me foi prisão
Resgato o olhar de criança
                  
Um olhar, que em tudo te vê
E não faz questão de julgar
Pois em malícia, criança não crê
E mestre é na arte de amar

Então, me abraça a bondade
Mostrando-me a soluçar
O que importa de Verdade...


Por: Fulvio Ribeiro
Imagem: Color your life

2 comentários:

DEVIR disse...

Poesia leve, serena, sublime e cheia de verdade...uma conexão entre as sensações, emoções e o pensar..só quem preservou a criança dentro de si consegue esse bordado...parabéns poeta...e que bom que retornou ao blog!

Kotta1947 disse...

Não há coisa mais linda que o olhar inocente de uma criança e a sua capacidade de amar pois em nada vê maldade. Lindo gostei. Abraço

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails