"Nem Sempre o que Pensamos é o que Vivemos... E na Maioria das Vezes o que Vivemos é o que Jamais Pensamos..."
Fulvio Ribeiro

Insônia...

Author: Fulvio Ribeiro /






         
Ela dormia tranquila quando a saudade chegou,
Olhando o baú, decidiu despertar...
Estava ali tudo que ela alcançou,
Só o amor, não pôde encontrar...


Nas mãos, as inocências antigas,
O coração Carregado do não ser...
A dor disse algumas palavras,
Que o orgulho não a deixou entender...



Por: Fulvio Ribeiro

2 comentários:

Graça Pereira disse...

Adorei este poema e a imagem...Quando tiver insónias...vou abrir o baú das minhas recordações.
Beijo
Graça

Graça Pereira disse...

Li este e muitos dos teus poemas... e achei que mereciam estar num livro.
Pensa nisso.
beijo e bom fds
Graça

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails