"Nem Sempre o que Pensamos é o que Vivemos... E na Maioria das Vezes o que Vivemos é o que Jamais Pensamos..."
Fulvio Ribeiro

Ela venceu

Author: Fulvio Ribeiro /





Não vou mais fugir

Vou deixar que me capture

Chega dessa minha ilusão,

Viverei a realidade contigo...


Vou com você, sim

Pois eu prefiro o Amor

Prefiro a beleza

Prefiro viver...


Se me quiseres ao teu lado

Estaremos juntos,

Até que Deus, um dia

Com um abraço, nos leve com Ele...


Você, que é sutil em mostrar-me a pureza

Deixe-me bailar contigo, pelo salão da vida,

Peço-lhe com um coração de criança.

Poesia carregue-me em teus braços...




Por: Fúlvio Ribeiro

Imagem: Google

13 comentários:

RosaMaria disse...

Seria mais fácil permanecer ali
Imóvel
Intacta
Cômoda


Mas ela resolveu fugir


E se afastar de tudo que lhe impedia de crescer e de ser feliz.
Ela tinha medo
Ela tinha muito medo


Mas preferiu enfrentar seus demônios a continuar sendo escrava deles...

Beijos, bom findi!

Daniella Caruso Gandra disse...

Lindo! Que mal tem em se deixar embalar pelo calor de uma dança a dois, quando o que resta é só a esperança de deixar de não pertencer, e passar a ser de alguém!! Quando der, dê uma passadinha lá no meu, pois têm postagens novas!! Bjo.

Wanderley Elian Lima disse...

Quando o amor acontece, é impossível resisti-lo, o melhor e entregar-se e ser feliz.
Abração

Gilmar Morais disse...

Fúlvio,

Publiquei hoje, lá no Caminhar, a sua espetacular poesia: Não...

Como já havia obtido a sua autorização, desde quando fora publicada, hoje, com alegria, pude cumprir o que fora dito.

Agradeço-lhe a generosidade.

Fraterno abraço!

Mari Amorim disse...

Quando nos entregamos a poesia,com certeza o mundo fica mais colorido.
Obrigada pelo carinho,fico feliz quando deixa suas boas energias,por lá,muitas dádivas em sua vida!
um abraço,
Mari

Sônia Silvino disse...

Fulvio querido!
Feliz Dia do Blogueiro!!!
Tenho um selo para você aqui:
http://blogsdasoniasilvino.blogspot.com
Caso já tenha levado, obrigada!
Deixo um presente:

Se você é...

Se você é um vencedor,
terá alguns falsos amigos
e alguns amigos verdadeiros.
Vença assim mesmo.

Se você é honesto e franco,
as pessoas podem enganá-lo
Seja honesto e franco assim mesmo.

O que você levou anos para construir
Alguém pode destruir de uma hora para outra.
Construa assim mesmo.

Se você tem paz e é feliz,
As pessoas podem sentir inveja.
Seja feliz assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você,
mas isso pode nunca ser o bastante.
Dê o melhor de você assim mesmo.

Veja você que, no final de tudo
Será você ... e Deus.

E não você ... e as pessoas!

Madre Tereza de Calcutá

Um lindo domingo para você!!!
Aguardo a sua participação na Confraria da Soninha:
quantas vezes você quiser!

Beijinhos, muitos!
Sônia Silvino

Amizade disse...

Olá amigo

Feliz Dia do Blogueiro!...

Há selinho comemorativo no nosso Farol.

Beijinhos e abraços dos amigos,

Argos, Tétis e Poseidón

aldrey disse...

Nosssa cara viajei no teu blog com essa musica maravilhosaaaaaa!!Parabens pelo blog
bjs

Ira Buscacio disse...

Fulvio, meu amigão,

A poesia já te capturou nos braços, agora é só versar, sempre!
Bjs e linda semana

CARLINHA disse...

parabéns meu amigo lindo seu texto adorei ..que Deus te abençoe muito ;;bjsss tenha uma linda semana...

FABIANA APARECIDA GARCIA disse...

Fluvio, me senti encantada com seu texto, me senti capturada pela palavras....
Parabéns Magnífico...

Bruno Soft disse...

"Deixe-me bailar contigo, pelo salão da vida"

Grande imagem
Deu um brilho imenso à poesia
Parabéns!

Preta disse...

Mergulhei por inteiro nas palavras...
Lindo!

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails