"Nem Sempre o que Pensamos é o que Vivemos... E na Maioria das Vezes o que Vivemos é o que Jamais Pensamos..."
Fulvio Ribeiro

Porque ainda acredito?

Author: Fulvio Ribeiro /




Seria tudo mais simples se eu não acreditasse...

A dor não me abraçaria com tanta força,

Sufocando a esperança que habita meu peito com teimosia...


Não sofreria com esse sentimento,

Que impede o sol de brilhar em minha alma.

Alma essa que anda em um vale triste e sombrio...


O amor não me mostraria a bandeira da paixão,

Entregando-me o troféu do desprezo,

Que levanto sobre o pódio do sofrimento...


Se eu não acreditasse no amor,

Eu sofreria menos...

As lágrimas não seriam amigas da minha face.


Mas, se eu não acreditasse no amor

Eu não acreditaria na vida

Eu não acreditaria em Você

Eu não acreditaria em mim...



Por: Fulvio Ribeiro

Imagem:Google

24 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Olá menino
Desacreditar do amor, é desacreditar da vida.
Abraço

Mari Amorim disse...

Oi,Fulvio!
O amor é o melhor dos sentimentos,porém,muitas vezes ele está diante de nós,e nos achamos tão superiores,que não o reconhecemos,aí,ele cansa em ficar acenando,e vai habitar em outros corações,quando percebemos, ele se foi,e nos deixa como resposta,o vazio..Mesmo assim,ele é tão nobre,que nos dá novas oportunidades para reconhece-lo novamente..
Deixo-lhe um abraço cheio de boas energias!
Mari

Sandra Botelho disse...

É melhor crer no amor e sofrer, que viver sem amar...beijos achocolatados

Natalia Campos disse...

Sempre encantando a todos com as suas palavras. Parabéns, querido. Gostei muito. Beijos. Au revoir! :)

lenilsen nascimento disse...

Olá amigo!
Amar sempre vale a pena!
Lindos seus versos!
abraçãOOOOO

Falando em amor, leia no http://blognovonascimento.blogspot.com "O amor nunca falha"

palavrasdeumnovomundo disse...

Bela poesia que já ia me deixando triste até que a encerrou com as palavras que te deixaria aqui.

Por amor tudo vale a pena...até sofrer!

Abraço. Rosa

Alex Costa disse...

Muito bom brother, sempre que tiver um novo post é só avisar que estarei espiando aqui.
abração

cinha disse...

Se não acreditarmos no amor a vida perde sua essência e qual seria o sentido de sonhar sem acreditar que tudo é possível? Um bj carinhoso.

Vanoska Buchholz da Costa disse...

OI FULVIO,
AMAR SEMPRE VALE A PENA!!!!!!
OBRIGADA PELAS LINDAS PALAVRAS,
CLARO QUE PODE LINKAR MEU ENDEREÇO
ME SINTO MUITO HONRADA POR ISSO.
ABRAÇO

MOISÉS POETA disse...

Esse belo texto juntamente com essa música , ficou uma maravilha... !

Grande abraço,Fulvio !

Jane Di Lello disse...

Olá amado poeta do coração.
Fulvio, parabéns + uma vez, como sempre falo vc escreve com o coração.
O que para muitos seria difícil, pra vc com certeza é natural.
Amor com amor se paga.
BeiJanes neste coração reluzente de amor.
Jane Di Lello.

Sotnas disse...

Olá Fulvio, que tudo esteja bem contigo!
Belo escrito, repleto de sentimentos!
Com certeza o viver seria não tão interessante, sem o penar antes de qualquer felicidade. Sendo como é muitos já não dão o mínimo valor a vida, imagine se amor, viver ou mesmo existir simplesmente não provocasse qualquer dor!
E por aqui sempre belos escritos que expressam teus pensamentos e sentimentos dos mais nobres!
Agradecido por tuas visitas, desejo a você e todos ao redor intensa felicidade em vossas existências, abraços e até mais!

claudete disse...

...Porque continuar acreditando é a mola que nos impulsiona na busca do "por quê". Belo poema Fúlvio, tem sua marca . Abraços.

Juliana Lira disse...

Oi verdinho

Se a montanha nao vai maomé vem nao é? rs
É preciso acreditar sempre! Mesmo que o abraço seja de dor e medo.
É a fé que nos faz ultrapassar os impossíveis.
Fé pra tudo, inclusive para amar...


Milhoes de beijos

Marisa Mattos disse...

Acredito que da vida o que se leva mesmo é somente e tão somente o AMOR...

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo

É como diz a canção,
"sem amor eu nada seria..."

Milhões de vezes a dor
de um amor,
do que um único
segundo do não amor...

Vida plena em teus dias.

Clarinhaaa disse...

Ahhh... o amor!
Como pode uma coisa assim, tão abstrata e tão intensa fazer com que nos tornamos tão frágil?

O que diria à você? Se nossos amores entrassem em nosso coração, só pra sentir um pouco o ritmo que ele bate. Se eles pudessem entrar em nosso corpo para sentir a velocidade que o sangue percorre quando os vemos. Se ao menos fosse verdadeiro a troca de abraços que nos damos. Se ao menos, nos olhassem nos olhos e enxergassem o que relamente queremos dizer.

Aiiii... o amor!

Erica Gaião disse...

Fulvio,

Se você não acreditasse no amor, não seria poeta. Desse jeito!

Lindo apesar de sofrido!

Beijos

Vera Mosmann disse...

Amar é acreditar na essência da vida.
Gostei. Vera Mosmann

Trini disse...

Bonita poesía y cuanto sentimiento en esas palabras,como no sacadas desde lo mas profundo del corazón.
Gracias Fulvio,por compartir tanto sentimiento en tus escritos,y gracias por entrar en mi casa y quedarte en ella,porque así pude entrar a la tuya.
Seguiremos en contacto.
Un abrazo.

mava disse...

PASSANDO PRA DEIXA UM PARABÉNS POR MAIS DE 25 MILHÕES DE VISITANTES E PODE TER CERTEZA QUE ESTOU NO MEIO DESSES VISITANTES.....FIQUEI MUITO FELIZ POR VC MIGUXO......E RESSALTA QUE CADA VEZ VC SE SUPERA MAIS E MAIS......MARINALVA....

mava disse...

VC É UNICO O QUE OS OUTROS COPIAM É PQ É BOM......AMUUUUDOLO VUXE MIGUXOOOOO..BJINHO NO CORAÇÃO

Lúria Stael disse...

Lindo Fulvio! ^^

Maria Catherine Rabello disse...

lINDO!

Parabéns!

Linda semana! Beijos!

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails