"Nem Sempre o que Pensamos é o que Vivemos... E na Maioria das Vezes o que Vivemos é o que Jamais Pensamos..."
Fulvio Ribeiro

Perdoe-me

Author: Fulvio Ribeiro /





Por tanto te amar, eu parti

Covarde, não lutei por você,

Só distante eu percebi

Que é impossível te esquecer



De sombras e ecos de ti,

O mundo se preencheu.

Enquanto canta o colibri

Que sem você... Não sou eu.



Minha amada como é bom

Pensar que existo em você,

Qual a pena que me cabe,

Por tentar te esquecer?



Seja qual for eu aceito

Mereço o preço a pagar

Dar-me-ei por satisfeito

Se a ti puder amar





Por: Fulvio Ribeiro/Juliana Lira

Imagem: Google




Juh Lira é uma Amiga de longa data, e uma grande Poeta, aprendo muito com essa Menina/Irmã confira seus posts no Reticências



11 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Um poema bonito demais, parabéns poeta.

MOISÉS POETA disse...

Fulvio , querido !

acabei de ler esse poema no blog da juliana.
cumprimento-o também por ele.

a arte sempre valerá a pena .

um grande abraço !

Sandra Botelho disse...

Muito lindo.
A Ju é uma linda mesmo e uma grande escritora;
Bjos achocolatados

cinha disse...

Oi Fulvio, a vida nos proporciona boas parcerias e essa foi uma delas. Parabéns aos dois. Um bj carinhoso.

Alex Costa disse...

Grande poeta, cada vez melhor brother.
parabéns
abraço

Natalia Campos disse...

Belíssimo poema. Assim como tudo que escreve, querido. Au revoir.

Érica disse...

amei amore

eleito o meu preferido....

bjuss lindoooooo

Sotnas disse...

Olá Fulvio, que tudo permaneça bem contigo!

Assim, tem sido grande parte dos humanos em seus sofrimentos e angústias, sempre se dão conta do que realmente tinham após perder. É deveras lamentável que somente tão tardiamente percebemos a razão de certos acontecimentos!

E teu espaço sempre com belos e sensíveis textos sempre encimados por belas imagens!
Bom estar por aqui lendo teus escritos!
E agradecendo tuas sempre gentis visitas eu desejo a você e todos ao redor muitas felicidades, abraços e até mais!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo

Apesar de nem
sempre
vivermos as histórias
de amor como deveríamos,
é bom saber-se vivo
no coração de alguém...

Que os sonhos te envolvam
a vida, sempre...

Bárbara adinolfi disse...

Pase por tu blog y me encantó :)
pasa por el mío. Te sigo, me seguis? :) un besito !
http://under-inspection.blogspot.com !

aikatherine disse...

Un poema de amor hermoso. La vida sin amor está muerto. Cada alma tiene que sentir el amor

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails